MODA

Método de Organização das didáticas e avaliações: Uma metodologia exclusiva de alicerce educacional!

 

Com as mais diversas metodologias existentes em nossa educação mundial e a imensa dificuldade de aplicação das mesmas nos múltiplos cenários, que em sua maioria são completamente distintos dos cenários de onde esses métodos se originaram, os docentes encontram muitos obstáculos em aplicar ferramentas pedagógicas aos seus discentes.

E cada cenário tem suas peculiaridades: objetivos educacionais, realidade socioeconômica, alicerce acadêmico, diversidade cultural, mão de obra (docente) adequada, estruturas físicas das instituições, são alguns dos limitadores que impõem aos mantenedores e docentes, de um modo geral, barreiras praticamente intransponíveis se quisermos aplicar um determinado método em sua totalidade.

Visando de forma inovadora a organização dos diversos métodos existentes, para que os mesmos sejam aplicáveis aos múltiplos cenários, e para que tivéssemos a capacidade de mitigar os reais resultados, otimizando e ou substituindo os processos, o professor Edson Urubatan criou o MODA (Método de Organização das Didáticas e Avaliações).

Esse método afirma que, seguindo 6 protocolos básicos, os gestores educacionais e docentes podem aplicar qualquer metodologia, independentemente do cenário e dos recursos disponíveis, sendo o MODA apenas uma ferramenta de organização e otimização das demais formas de didática.

Utilizado em centenas de escolas e para um número maior que 50.000 alunos, o MODA alicerça a aplicação de diversos métodos que corroboram para milhares de excelentes resultados conforme mencionado abaixo:

  • Alfabetização de excelência;
  • Desenvolvimento de diversas habilidades cognitivas;
  • Inserção de valores fundamentais para o desenvolvimento humano;
  • Raciocínio lógico matemático;
  • Aprovações nos vestibulares mais disputados do país;
  • Percepção do serviço educacional pelos responsáveis;
  • Prazer de estudar do discente;
  • Prazer de lecionar do docente;
  • Otimização da Gestão dos Processos de Aprendizagem;
  • Melhoria significativa na utilização da filosofia pedagógica da escola.